ENERCOUTIM
Associação Empresarial de Energia Solar de Alcoutim

Notícias

(ver em HD)



Enercoutim’s Chairman, Marc Rechter, will be presenting the current state of solar assets in Portugal at the Managing European Solar Assets conference on 24 and 25 April in London (http://assets.solarenergyevents.com/). Managing European Solar Assets will discuss best practices to measure asset performance, develop strong KPIs, advancements in monitoring hardware and software, avoiding hardware failings, and how to balance costs against service in O&M contracts. 

Enercoutim Members can benefit from a 15% discount on conference tickets. Please contact us for details. 



 Enercoutim started Energy Storage HORIZON2020 research and innovation project
Para mais informações: www.sharqproject.eu

O Nosso Focus

Associação Empresarial de Energia Solar de Alcoutim

Actualmente gere uma plataforma de demonstração Solar, em Martim Longo, que tem como objectivo ser uma plataforma de desenvolvimento e investigação de tecnologias de energia solar.

A ENERCOUTIM procura fomentar o desenvolvimento economico-social rural através da optimização dos recursos locais, apoiando projectos multidisciplinares e de base tecnológica no sectores das energias limpas e da sustentabilidade.
Relembramos ainda que por via da geração local, é possível explorar em Alcoutim formas de satisfazer as necessidades energéticas dos edifícios, de forma economicamente viável e com adicional controlo sobre os preços da energia.


 

 

 

Membros

 

REGULARES

INSTITUIÇÕES

HONORÁRIOS

SEM FINS LUCRATIVOS

Beneficios / Vantagens:

Nos termos estabelecidos especificamente pela Direção, os membros poderão beneficiar de todos os serviços da Associação, incluindo:

a) O acolhimento, promoção, desenvolvimento e suporte de projetos de geração de energia renovável e a atração e dinamização de atividade tecnológica ligada ao sector das energias renováveis;

b) A prestação de serviços às empresas, na qual integrar-se-ão, entre outros, a coordenação de projetos; a organização de feiras, exposições e congressos; informação e apoio técnico; promoção de negócios e investimentos, incluindo a realização de missões empresariais; ensino e formação profissional; promoção e divulgação da Ciência e da Tecnologia e empreendedorismo, incluindo empreendedorismo social;

c) O relacionamento e colaboração com organismos congéneres nacionais ou estrangeiros da Associação e, bem assim, com entidades que promovam o desenvolvimento das energias renováveis ou eficiência energética;

d) A participação em eventos de interesse para a Associação.

Nos termos igualmente definidos pela Direção, os membros poderão obter informações de carácter técnico, comercial ou de qualquer outra natureza que aquela disponha para uso dos seus associados.

Mais informação:

1. Poderão ser admitidos como membros quaisquer pessoas singulares, assim como pessoas coletivas, cujo fim estatutário não seja incompatível com o da Associação.

2. Tais pessoas singulares ou coletivas tanto poderão ser Portuguesas como estrangeiras.

3. A admissão de membros em todo o caso depende de deliberação da respetiva Direção.

4. Da deliberação que aprovar ou rejeitar a proposta de membro, será dado conhecimento ao candidato.

5. A cada membro será entregue um cartão comprovativo dessa qualidade, de modelo a aprovar pela Direção.

1. Constituem direitos dos membros:

1.1. Beneficiar de todos os serviços da Associação, e obter informações que esta disponha para uso dos seus associados, nos termos definidos no artigo seguinte.

NORMAL

INSTITUCIONAL

1.2. Beneficiar da partilha, usufruto e cedência de bens, equipamentos e direitos da Associação, nos termos e condições definidas pela Direção.

2. Os membros encontram-se obrigados ao pagamento de uma taxa/quota anual nos termos definidos no presente regulamento, assim como à abstenção de quaisquer comportamentos que sejam suscetíveis de prejudicar o bom-nome da Associação ou contrários aos seus fins e condutas levados a cabo pela mesma no exercício da sua atividade.

3. Somente os membros cujo pagamento da taxa/quota anual acima referida se encontre atualizado poderão exercer os respetivos direitos.

Para mais informações contacte: geral@enercoutim.eu

Associações

A Enercoutim é membro do(a):

 

Equipa

A nossa equipe é moldada pela nossa visão do futuro. Compartilha a nossa VISÃO? Colabore connosco!

Q1. O que significa Energia Renovável para ti?

Q2. Como você vê o futuro desenvolvimento das Energias Renováveis?

 

1a-linha

Q1: “Uma oportunidade única para superar os desafios climáticos e geopolíticos. Estamos a passar de uma era “suja” para uma era “limpa”, que trará benefícios e oportunidades para todos.”

 

Q2: “Um esforço contínuo em tecnologia, integração e financiamento. A criação de um “level playing field” na qual renováveis poderão competir em base de igualdade, para que o mercado permita o crescimento necessário para obter os objectivos climáticos necessários.”

Q1: “A energia renovável é o caminho a seguir e tem de se tornar parte do “cradle to cradle” da produção de electricidade e calor. Distribuído onde precisa estar, centralizados, quando necessário, resiliente.”

 

Q2: “O futuro é brilhante, o futuro é renovável e sustentável se nós o construirmos dessa forma. Uma planta sustentável de qualquer escala de cada vez. É uma longa viagem! ”

Q1: “Qualquer recurso energético que é regenerado naturalmente ao longo de um intervalo de tempo curto e derivado diretamente do sol.”

 

Q2: “Como a solução mais fiável e sustentável de se ter energia na terra!”

 

 

 

 

Q1: “Recursos energéticos que se regeneram naturalmente num curto espaço de tempo.”

 

Q2: “O futuro da energia renovável vai ser fundamental para o planeta e sua sobrevivência!”

Q1: “Um recurso fundamental e globalmente acessível para a sustentabilidade das gerações futuras e de todos os ecossistemas naturais do planeta.”

 

Q2: “Uma necessidade emergente que tem de ser superior a vontades políticas e económicas – a tecnologia, o conhecimento e a visão já existem, apenas são necessárias derrubar algumas barreiras para permitirem um desenvolvimento mais amplo.”

Q1: “Energia Renovável, é aquela que é originária de fontes naturais, que é naturalmente reposta e não se esgota, tal como o sol, o vento, a chuva.”

 

Q2: “Acredito que as Energias Renováveis serão uma alternativa cada vez mais forte, limpa e saudável á atual dependência das fontes de energia esgotáveis e poluentes.”

Missão

• Desenvolvimento  

• Conclusão das infraestruturas da plataforma;  • Primeiros 2 MW.

• Quarto MW;  • Início de actividades centradas na investigação da UE;    • Primeiro projecto H2020;  • Segundo H2020;  • Programa de expansão do Solar Lab.
2012 2014 2016

2011 2013 2015 2017
Arranque da Enercoutim • Início da construção • Terceiro MW • Testes de desenvolvimento, experimentação e comercialização;  • Estratégia regional de redes energéticas inteligentes.

 

 

Além disso, a Enercoutim, está ganhar conhecimentos especializados e a estreitar relacionamentos nas áreas que sente que são mais propensas a acelerar a descarbonização da nossa economia. Estas áreas (neste momento) incluem:

 

• Soluções de energia distribuída (infraestrutura);

• Soluções de armazenamento baseadas no modelo de mercado;

• Soluções de interoperabilidade IoT;

• Smart Grids;

• Agricultura sustentável.

 

O objetivo geral da Enercoutim é o acolhimento, promoção, desenvolvimento e suporte de projetos de geração de energias renováveis e a captação e dinamização da atividade tecnológica ligada a este sector, através da Plataforma Solar de Martim Longo, situada no concelho de Alcoutim, região do Algarve.
Sendo a plataforma solar de Martim Longo uma área de acolhimento empresarial, acomoda num espaço com cerca de 42 hectares de área infraestruturada, um conjunto de empresas dedicadas a atividades económicas relacionadas, essencialmente, com a monitorização, desenvolvimento, demonstração e teste, comercialização e divulgação de diferentes tecnologias solares de ponta.

Os objetivos incluem: a criação de um espaço estruturado que reúna condições em termos de infraestruturas e serviços de apoio disponíveis, suscetíveis de atrair, entre outras, empresas promotoras de projetos de demonstração solar; combinar no mesmo espaço um conjunto de diversas tecnologias de concentração solar; a oferta e partilha de um leque alargado de serviços, nomeadamente serviços de engenharia partilhados e infraestruturas de apoio, operações de gestão, segurança e investigação, comercialização e marketing, entre outros.
 A Enercoutim tem ainda por objectivo lançar novos projectos de demonstração ou piloto ligados a I&D, e apoiar a incubação de empresas ligadas ao sector das energias renováveis e outros, orientados para a utilização económica e sustentável dos recursos naturais da região de Alcoutim.
 

Contactos

mapa-contactos

ENERCOUTIM

 

Escritório: Av. 24 Julho Nº52 – 2ºE, 1200-868 Lisboa

+351 218084024 | geral@enercoutim.eu

 

Sede: Centro de Artes e Ofícios, Rua das Tinas 1ºE, 8970-064 Alcoutim